09 alimentos fundamentais para as crianças comerem

8 de maio de 2015

Saiba também os nutrientes de cada um deles e como substituí-los






OVO: Além de ser fonte de proteínas, é extremamente importante para a formação do cérebro. Comece oferecendo a gema cozida (um quarto, a partir dos 8 meses). A clara costuma ser recomendada depois do primeiro ano, porque pode causar reações alérgicas. Prefira o orgânico ou o caipira, por causa da quantidade de hormônios, e prepare cozido, mexido ou pochê. 

Substitua por: uma colher (chá) de óleo de girassol, que fornece gorduras poli-insaturadas, ou uma porção de bife (meia unidade), se a ideia é alcançar a dose diária de proteínas.

SARDINHAO peixe está repleto de cálcio e ômega 3. Auxilia na formação dos músculos e dos ossos, e ainda protege o coração. Para aproveitar tudo o que ele oferece, dê preferência às versões assada, cozida ou grelhada – enlatada também vale, embora seja mais calórica e tenha mais sódio.

Substitua por: atum ou salmão. A sardinha tem um gosto forte, não é toda criança que se acostuma.

IOGURTE: Eis outra boa fonte de proteínas e cálcio. Também garante o equilíbrio do trato gastrointestinal, importante para absorver os nutrientes corretamente.

Substitua por: leite e queijos magros fornecem quantidades equivalentes de nutrientes. Já as bactérias que fazem bem à flora você encontra no leite fermentado.

BRÓCOLIS: Ele tem compostos que ajudam a combater inflamações, fortalecer os ossos, manter o sistema nervoso saudável e auxiliar na digestão. Ofereça cozido ou no vapor. Se a criança não aceita bem o sabor, você pode colocar na sopa ou misturar com o arroz.

Substitua por: couve-flor, couve ou repolho.

ABACATE: A fruta ajuda na absorção de nutrientes, possui grande quantidade de antioxidantes, mantém o bom colesterol e fornece energia para garantir o pique.

Substitua por: castanha-do-pará ou de caju também têm as gorduras benéficas do abacate. Se for trocá-lo, não se esqueça de incluir uma fruta no lugar.



QUINUA: É um alimento de alto valor biológico, portanto, tem os aminoácidos essenciais que o nosso corpo precisa para funcionar. Beneficia o sistema nervoso, a manutenção muscular, a síntese de hormônios e a formação dos ossos. Pode acompanhar a salada, substituir o arroz ou ser batido com vitamina (farelo). Para os dois primeiros casos, basta cozinhar com água e sal (o ponto é macio e firme).
Substitua por: grãos como amaranto, aveia, milho, arroz, trigo e cevada.

ARROZ E FEIJÃO: A combinação é perfeita, pois um complementa o outro na questão dos aminoácidos. Além disso, o arroz, que é uma ótima fonte de energia, ajuda na absorção de todos os nutrientes do feijão, rico em ferro e vitaminas do complexo B.

Substitua por: purê de batata e lentilha.

CENOURADo grupo dos legumes, ela é rica em vitamina A, importante para saúde dos olhos e da pele. Para aproveitar o betacaroteno, sirva cozida e com azeite.

Substitua por: beterraba ou abobrinha.

CARNEAlém de fonte de proteínas, ela fornece diversos nutrientes importantes para o desenvolvimento da criança, como ferro e zinco. Evite prepará-la frita ou empanada.

Substitua por: filé de frango, peixe, ovo ou proteína vegetal, como grão-de-bico.



0 comentários:

Postar um comentário