Estilistas de MG orientam sobre o que usar na noite de Réveillon

29 de dezembro de 2014

Aliar estilo à moda é fundamental, garante estilista de Divinópolis.Tricôs e rendas terão destaque este ano.

O importante é estar a vontade para a noite da virada, indica estilista (Foto: Anna Lúcia Silva/G1)Segundo estilista, é importante estar à vontade na noite da virada (Foto: Anna Lúcia Silva/G1)

Estar deslumbrante e ao mesmo tempo confortável é a intenção da maioria das mulheres ao escolher um look para a virada do ano. No entanto, encontrar peças curingas para compor um visual de festa que seja casual nem sempre é tarefa fácil. Observar tendências, combinar as cores e aliar estilo à moda são as indicações do estilista de Divinópolis, Rodrigo Bessa. Para o estilista João Calazans, a maior gafe é vestir o que não combina com a pessoa e se sentir desconfortável.
Com opções de looks que vão do despojado ao sofisticado, é preciso considerar o local da festa. "No caso de sítios e fazendas, que são ambientes familiares, o que vale é estar com um look confortável. A dica é usar algo mais soltinho de fato, e os shorts são uma boa pedida. Vestidos mais soltos com acessórios leves também vão cair bem. Vale lembrar que as rendas ainda estão em alta e elas podem estar nas blusas, nos vestidos e nas saias", sugeriu.
Se o Réveillon for em um clube, a dica é investir nos vestidos de festa em tecidos de cetim, musseline, mas que não seja muito formal. "A dica é apostar nos curtos. As peças vão estar descontraídas, vão dançar. É preciso ficar mais à vontade. Não precisa ser nada justo nem necessariamente o branco. Mais uma vez vale lembrar da simbologia das cores. O amarelo, por exemplo, é uma cor que simboliza o ouro, a riqueza e está sempre em evidência", destacou o estilista.

Amarelo também é uma boa opção, diz estilista (Foto: Anna Lúcia Silva/G1)
Estilista diz que vale lembrar da simbologia das cores (Foto: Anna Lúcia Silva/G1)

Se o caso for passar a virada do ano na praia, Rodrigo Bessa garante que as mulheres podem apostar no tricô. “O verão foi uma solução que as empresas encontraram para evidenciar o tricô. Com isso apostaram em tops, camisetas, boleros, saias longas e vestidos. É  uma tendência que vem muito forte para a moda praia. Usando qualquer uma dessas peças, basta incluir alguns acessórios como, por exemplo, colocar uma saia, uma blusa de tricô e uma chinela rasteira, de preferência de cor mais clara. Na moda praia não é preciso se preocupar se o vestido é curto ou longo. O importante é considerar se a pessoa está à vontade ou não", explicou.

Para o estilista João Calazans, o branco é a cor do Réveillon. Ele diz ainda que pessoas podem variar, mas esta cor sempre estará em alta e nunca será considerado gafe usá-la na ocasião.
Para ele, a maior gafe é vestir o que não combina. "A pessoa pode até não estar com uma roupa que ela acredita que vai representar o ano que vem pela frente, mas ela precisa estar confortável. O bom senso deve ser acionado sempre na hora de escolher o que vestir. Hoje a moda é tão democrática e tão plural que ela abraça todas as possibilidades. Não existe uma regra de moda. O que vale é o bom senso", orientou.

O branco sempre estará em alta, diz estilista de Divinópolis (Foto: Anna Lúcia Silva/G1)
A cor branca sempre estará em alta para as festividades do Ano Novo (Foto: Anna Lúcia Silva/G1)




fonte: G1














2 comentários

  1. Looks lindos! Usáveis,confortáveis, decentes...

    ResponderExcluir
  2. Adorei lindo delicados e leves para esse verão

    ResponderExcluir