Saiba como programar sua corrida.

11 de julho de 2013



Para perder peso e fortalecer a musculatura, veja como programar e aproveitar todos os benefícios da corrida.



“A corrida é indicada para perder peso, fortalecer a musculatura dos membros inferiores e também aumentar o convívio social”, diz o educador físico Marcos Borges. É mito achar que pessoas que estão acima do peso não podem correr, a menos que tenham algum problema cardíaco. As pesquisas indicam que cerca de metade das pessoas que correm sofrerão algum tipo de lesão. Mas isso se deve a um treino inadequado, não ao excesso de peso. É importante começar devagar. Segue uma sugestão de programa para quem quer começar a correr:

1° semana: caminhe 4 minutos e corra 1 minuto até completar meia hora, três vezes por semana.

2° semana: caminhe 4 minutos e corra 2 minutos alternadamente até completar meia hora, três vezes por semana

3° semana: caminhe 3 minutos e corra 2 minutos alternadamente até completar meia hora, três vezes por semana

4° semana: caminhe 3 minutos e corra 3 minutos alternadamente até completar 30 minutos, três vezes por semana

5° semana: caminhe 2 minutos e corra 3 minutos alternadamente até completar 3 minutos, três a cinco vezes por semana

6° semana: caminhe 1 minuto e corra 4 minutos alternadamente até completar 30 minutos, três a cinco vezes por semana

7° semana: caminhe 1 minuto e corra 5 minutos alternadamente até completar 30 minutos, três a cinco vezes por semana

8°semana: caminhe 3 minutos e corra 7 minutos alternadamente até completar 40 minutos, três a cinco vezes por semana
 
9° semana: caminhe 5 minutos e corra 10 minutos alternadamente até completar 40 minutos, três a cinco vezes por semana

10° semana: caminhe 5 minutos e corra 15 minutos alternadamente até completar 40 minutos, três a cinco vezes por semana

11° semana: caminhe 5 minutos e corra 20 minutos alternadamente até completar 50 minutos, três a cinco vezes por semana

12° semana: caminhe 5 minutos e corra por 35 minutos, três a cinco vezes por semana

Fonte: Viva Saúde 

 

0 comentários:

Postar um comentário