10 dicas para recuperar a boa forma após o parto.

5 de fevereiro de 2013

Tudo o que você precisa saber para recuperar o seu peso de antes da gestação segundo a Crescer.


  shutterstock
Quando o bebê nascer, você perderá os quilos que ganhou na gravidez.” Quem já não ouviu essa promessa? Infelizmente, ela não se torna realidade para todas as mulheres (OK, pelo menos não para as mulheres normais, uma vez que muitas celebridades aparecem lindas e magras dias depois de darem à luz). Em uma enquete realizada no site CRESCER com 495 entrevistadas, apenas 37% disseram que recuperaram a forma em menos de 1 mês após o parto. A maioria esmagadora levou mais de três meses – sendo que 20% das mães confessaram que o peso extra continuou mesmo depois do primeiro aniversário da criança. Quer mudar essa situação? Então, anote aí essas 10 dicas:

1 - Amamentar emagrece. A produção de cerca de 850 mililitros de leite por dia gasta em média 750 kcal, quase o mesmo que uma suada hora de ginástica aeróbica. E o melhor, sentada na poltrona.

2 - Mais tempo em casa e perto da geladeira, fortes mudanças hormonais, adaptação a uma nova e dura rotina de noites maldormidas e ansiedade. Tudo leva ao caminho da cozinha. Por isso, elimine toda as situações de risco. Dê de presente (sem dó nem piedade) até aquele chocolate belga trazido pelas visitas.

3 - Alimentação saudável, sem mitos. O segredo é investir em uma dieta balanceada, rica em alimentos com fibras, como verduras, legumes e frutas que dão a sensação de saciedade com poucas calorias; comer várias vezes por dia e não embarcar em mitos como o de comer canjica para aumentar o leite!

4 - Aposte em massagens que ativam a circulação e também relaxam. "A drenagem linfática, aplicada de forma suave e delicada, pode ser feita assim que você chegar da maternidade. A técnica estimula o sistema linfático, responsável pela eliminação de toxinas, e reduz o inchaço. Massagens sobre o útero nos primeiros dias são contra-indicadas. Outra opção é a massagem redutora, mais vigorosa, que ajuda a combater a flacidez.

5 – Invista em tratamentos estéticos. A especialista em medicina estética Carla Sallet recomenda nessa fase as sessões de dermotonia, uma drenagem linfática profunda realizada com um equipamento que faz movimentos alternados de pressão e sucção da pele, ajudando a quebrar as células de gordura. Está liberada também a eletroestimulação, que contrai e torce grupos musculares específicos, mais difíceis de ser trabalhados com exercícios físicos. A talassoterapia, banhos de imersão em água com sal e algas, comum na Europa, também costuma ser recomendada nessa fase, pois ajuda a liberar toxinas, melhora o tônus da pele e ainda relaxa.

6 - Tome em torno de 3 litros por dia. O corpo precisa de matéria-prima para produzir leite. Além disso, a água estimula o funcionamento dos rins, acelerando a eliminação dos líquidos que estão retidos por todo o corpo.

7 - Mexa-se... assim que o seu obstetra liberar! Atividades físicas leves podem ser recomeçadas duas ou três semanas depois de um parto normal e de quatro a seis semanas para quem fez cesárea. "Mães que fazem longas caminhadas empurrando o carrinho têm dupla vantagem - melhoram a relação com o bebê e entram em forma rápido", afirma o obstetra Lobão. Quem fez cesariana, por exemplo, deve evitar esforço abdominal nos três primeiros meses.

8 - Livre, leve e solta! É possível que você se sinta incomodada com o peso dos seios ou com o vazamento de leite na hora da caminhada ou da ginástica. Providencie um top ou sutiã reforçado, absorventes de seio e se organize para fazer atividades físicas depois das mamadas, enquanto seu bebê dorme de barriguinha cheia. É quando os seios estarão mais murchos e leves.

9 - Reduza o estresse. Você está cansada, há muito não tem uma noite de sono inteira, mal dá tempo para sentar e fazer uma refeição com calma. Tente relaxar porque o estresse estimula a produção do hormônio cortisol, que aumenta a retenção de água e dificulta a metabolização das gorduras.

10 - Cansada demais para tentar qualquer uma dessas coisas? Não desista. Tudo tem jeito. Esse é um período de adaptações. Procure se organizar. Peça a alguém que lhe ajude a preparar uma comidinha gostosa e pouco calórica ou fique com o bebê enquanto você se exercita, nem que seja um pouquinho todos os dias. À medida que o tempo passa, você terá mais disposição. A cada quilo perdido, a cada peça de roupa reconquistada, você vai se sentir mais animada. 
 
 
Fonte: Crescer 



2 comentários

  1. Adorei o blog, muito lindo, amei tudo. Parabéns mesmo, vou sempre estar aqui (:

    ontendency.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Amei... Eu tive parto normal da minha filha e voltei ao meu corpo em 9 dias! Unica coisa que fiz fou usar cinta bem apertada quando sai do hospital, pelo menos por 1 mês.
    Já na cesariana do meu filho, demorei pra voltar 1 mês mais ou menos... e me deu desespero, mas eu tinha que ter paciência só.
    Essas dicas são muito boas para quem ainda não sabe como fazer. Cada mulher tem um corpo, um biotipo, então sempre é preciso seguir essas informações!
    Bjoo

    ResponderExcluir