Porque fazer dieta é tão caro.

23 de setembro de 2012

Uma das desculpas mais comuns que ouvimos daquelas pessoas que pensam em começar uma dieta, são os altos preços dos alimentos que são considerados “saudáveis”. Mas nem sempre é necessário aumentar a conta do supermercado para iniciar ou mesmo manter uma alimentação equilibrada. E convenhamos que para quem está realmente determinado a buscar uma melhor qualidade de vida, saúde e bem-estar, não irá desistir logo nesta primeira barreira. Existem muitas maneiras de se driblar estes preços e o blog Be Smart lhe apresenta algumas destas alternativas.
Comprar alimentos em pequenas porções no supermercado, como saladas, frutas ou carnes, podem até dobrar os seus custos. A dica é simples: planeje um menu para a semana e prepare os alimentos em casa, separando-os em pequenas porções. Almoçar na rua todos os dias pode representar um peso no orçamento, sem contar nos prejuízos a saúde em cardápios com lanches, comidas pré-prontas, etc. No caso das frutas, dê preferência para as que estão em sua estação. Fique sempre atento as promoções e dias de descontos dos supermercados e aproveite a feira mais próxima de sua casa, se for no famoso horário da “xepa”, melhor ainda.


Texto: Vinícius G. | Foto: Banco de Imagens

A carne – um dos itens mais caros de nossa cozinha – é uma fonte importante de proteína para o equilíbrio em nosso organismo. O que muita gente não sabe, é que existem outros alimentos que podem ser inseridos no cardápio e que também são ótimas fontes de proteína. Dentre eles: soja, queijo de soja (tofu), grão-de-bico, ervilha, lentilha, feijão, arroz integral, ovos, leite, iogurte e queijo.
Para quem é fã de sucos, os industrializados são caros e não são frescos como os feitos na hora. Já os sucos em pó, possuem mais corantes em sua formulação do que propriamente o sabor das frutas. Muitas frutas e verduras também podem ser melhor aproveitadas com a sua casca, como por exemplo a do limão que é rica em Fibras e pode ser utilizada em sucos, vitaminas, geleias e até bolos. A casca do pepino também deve ser aproveitada, pois possui mais potássio do que sua própria polpa. Sementes de melão contém Cálcio e as folhas de couve-flor possuem Vitamina C, mais até do que a laranja.
FONTE: www.smartlife.com.br/blog

E vocês, tem dificuldade em iniciar uma dieta? Acham que realmente o preço dos alimentos influenciam em uma boa alimentação? 

Comente aí.....


Não deixe de votar no blog da Smart Life para o Top Blog 2012. Ele está concorrendo na área da saúde e contamos com o seu voto! Vote aqui!

Beijos!!!!!


Um comentário

  1. E SUPER CARO OS PRODUTOS PARA DIETA,MAS SOU DA OPINIAO DE QUE É MELHOR GASTAR COM PRODUTOS SAUDAVEIS DO QUE COM BESTEIRA.

    ResponderExcluir